Por que ler com uma criança já alfabetizada? Veja 5 razões

Quando o assunto é leitura para crianças, é comum ver pais, mães e outros adultos investirem nesse gostoso momento quando o pequeno é um bebê ou enquanto ainda não é alfabetizado. Depois que a criança começa a decodificar frases e ler com autonomia, com frequência a família deixa de lado o ritual da leitura em conjunto. No entanto, seguir adiante com a prática pode ser muito benéfico para todos. Quer saber por quê? Nós, do Clube Quindim, separamos alguns motivos.

1. Fortacele o vínculo e o afeto

Tem coisa mais gostosa do que se aninhar na cama com o pequeno e mergulharem juntos em uma leitura? Esse momento fortalece os vínculos, faz com que seu olhar de encantamento para aquela história o contagie e associa esse amor de vocês à literatura. Ler é mais do que decodificar códigos. Por isso, essa troca é sempre deliciosa e profícua. Para a criança que já lê, pode ser ainda mais gostoso: vocês podem se dividir na leitura dos enunciados, por exemplo, ou deixar que cada um leia uma página. A leitura fragmentada é também deliciosa, e vocês podem estimular a curiosidade ao finalizar cada capítulo sobre o que virá na noite seguinte.

2. Desperta reflexões e conversas únicas

A leitura compartilhada pode despertar conversas sobre questões importantes sobre as quais vocês dificilmente conversariam se não fosse por aquela leitura. Pode ser o momento para que a criança compartilhe uma angústia, para que vocês conversem sobre os desafios da vida e valores fundamentais para a sua família. E assim, torna-se um momento especial de troca, em que um conhece mais o outro, adulto e criança, seus valores, experiências, sentimentos e importâncias. Um momento único!

3. Forma leitores

O trabalho de aproximação da criança com a literatura não se encerra com a alfabetização, até porque, como já falamos, ler é mais do que decodificar o alfabeto. Ler um texto (e o mundo) significa ler as entrelinhas, as figuras de linguagem, aquilo que nem sempre um dicionário pode definir, mas que um texto poético nos ajuda a sentir. E esse processo é para a vida toda. Ler com a criança, lado a lado, desperta reflexão em família e fortalece o afeto. E o afeto, pesquisas como a Retratos da Leitura indicam, é o maior formador de leitor.

4. Melhora problemas de comportamento

Um estudo realizado pela Universidade de Nova Iorque, em colaboração com o IDados e com o Instituto Alfa e Beto, demonstrou que ler para a criança regularmente melhora em 25% o índice de crianças sem problemas de comportamento. Isso porque a leitura compartilhada cria momentos únicos de troca e afeto, despertando a reflexão sobre uma série de temas e promovendo o conhecimento um do outro.

5. Amplia visões de mundo

Quando a criança começa a ler, é comum que passe a buscar títulos de sua escolha para a leitura. Nem sempre, contudo, essa escolha vai ser variada. Diversificar o repertório do leitor, porém, é fundamental para descortinar diferentes autores, estilos de narrativa, gêneros literários, estilos de imagens, temas, linguagens, visões de mundo etc. E o adulto, com seu olhar característico, que traz mais experiência e repertório, pode contribuir na pluralidade de perfis de obras lidas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *