Conheça a exposição “Sra. Dona Emília de trapo de macela”, no Instituto de Leitura Quindim

Desde que Emília tomou a pílula falante do Doutor Caramujo, desembestou a falar. Desde que o artista tomou a pílula da arte, desembestou a criar.

De Emília e artista, talvez, todo mundo tenha um pouco, mas certamente todo artista tem uma Emília consigo. A boneca feita de trapo de macela tem um olhar aguçado e sincero sobre tudo o que a cerca, sem jamais ficar calada sobre nenhum assunto, traz questionamentos sobre as verdades estabelecidas, propõe novos pontos de vista e desafia os padrões e normas vigentes. Não é isso que o artista faz também?

Na exposição Sra. Dona Emília de trapo de macela, com curadoria de Rafael Dambros, os artistas Ilka Filippini, Sharisy Pezzi, Marina Rombaldi, Marina Procházka e Matheus Montanari desembestaram a criar visões sobre este universo sincero e questionador da boneca de trapo. Buscando uma conversa entre si, eles nos levam a repensar padrões, a viajar pelo olhar do outro, que ao mesmo tempo é o nosso, e mostrar que a realidade está muito além daquilo que percebemos.

Cada artista traz um pouco de si, seu olhar e criatividade, seu material, sua vida. Juntos dialogam uns com os outros, formando um corpo único, vivo e falante. A exposição pode ser uma parte da boneca Emília, feita de pedaços, aparentemente sem valor ou sem relação, mas que sai por aí caminhando e questionando o mundo a sua volta. Pano, papel, fotografia, vídeo, madeira. Pedaços daqui e dali que cada artista traz para montar um corpo vivo e falante.


Período de visitação: 12 de abril a 12 de maio dentro dos horários de funcionamento do Instituto (Quarta a sexta, das 10 às 17h. Sábado e domingo, das 13 às 18h). Entrada gratuita.


Visite o Instituto de Leitura Quindim

Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O Instituto de Leitura Quindim (ILQ) abriu suas portas no dia 30 de novembro de 2018, em um prédio histórico do ano de 1905 na cidade de Caxias do Sul/RS, para levar mais literatura e outras expressões artísticas à vida das pessoas. Sob o comando dos escritores Volnei Canônica e Roger Mello, o espaço vem para aprimorar as ações que o Centro de Leitura Quindim já realizava desde a sua criação em 2014.

O ILQ é uma entidade apartidária e sem fins lucrativos, e tem como missão garantir o direito à educação e à cultura por meio da formação de leitores e da promoção do livro, da leitura, da literatura e das bibliotecas públicas no Brasil e no Exterior. Compõem o Instituto de Leitura Quindim uma biblioteca de referência, um centro de estudos e pesquisas e uma livraria.


Saiba por que ler Monteiro Lobato segundo a especialista e curadora do Clube Quindim, Ninfa Parreiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *