Especialista dá 6 dicas para escolher a escola ideal para o seu filho

Dicas para escolher a escola ideal

Com a proximidade do fim do ano, muitas famílias se veem diante do enorme desafio de escolher a escola para o seu filho. Pode ser o início da vida escolar ou um momento em que se faz necessário mudar de instituição. O fato é que, com tantas opções, pode ser difícil realizar essa escolha de forma segura e bem-embasada. Para ajudar nessa tarefa, a equipe do Clube Quindim conversou com Elizabeth Sanada, doutora em psicologia e professora do Instituto Singularidades. A seguir, algumas dicas para escolher a escola ideal para seu filho:

 

1. Entenda o que você quer

Segundo a especialista, mapear a perspectiva de educação da família é o primeiro passo. “É preciso saber quais são suas concepções e seus valores, para que não entrem em choque com os da escola”, diz.

2. Atente para o perfil da criança

Não existe escola perfeita, existe a melhor escola para o perfil do seu filho. Compreender e delimitar esse perfil, portanto, é fundamental. “Às vezes, a família tem a expectativa de formar o filho num viés mais convencional, e a criança é mais criativa, questionadora e não está alinhada com uma formação mais sistematizada”, explica a professora. A prioridade é que seu filho tenha um bom desenvolvimento. Portanto, deixar de lado as expectativas desconectadas de quem ele é pode ajudar.

3. Investigue o projeto pedagógico da escola

Para escolher a escola ideal para o seu filho, é importante entender o que a escola apresenta. Ela pode ser mais conteudista, focada na formação pessoal dos alunos, em seu processo criativo etc. Pergunte e tente entender o funcionamento da instituição para que possa estar alinhado com o que você deseja oferecer ao seu filho.

4. Avalie a infraestrutura

Os recursos que a escola reúne valem muito. Entenda se dispõe de bons materiais, se tem aula de idiomas, equipamentos tecnológicos, se trabalha com o corpo. Saber se tem atividades extracurriculares e, ao mesmo tempo, se dá espaço para o ócio da criança também é essencial. Além disso, é importante compreender as metodologias e se elas atendem às expectativas familiares.

5. Visite a escola

Conheça o espaço escolar, entenda o processo de adaptação e como a instituição se comunica com os pais. Vale também estar no colégio no momento em que ele está aberto, com os alunos circulando. Conversar com outros pais pode ajudar a obter outras informações interessantes, que contribuam com a decisão.

6. Considere mais de uma opção

Elizabeth conta que alguns pais veem uma opção e de pronto se encantam. Mas conferir outras visões é fundamental para relativizar as características de cada escola. Ela completa: “O fator logístico é outro que deve ser levado em conta. Pense se a localização da escola e o transporte serão vantajosos, para não gerar desgastes excessivos”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *